Relação entre TJSP e TRE é tema de exposição

21 de junho de 2022

A proximidade entre dois Tribunais, o TJSP e o TRE-SP, é o tema da mostra “Uma Toga para Duas Cortes”, inaugurada em 9/6 no Palácio da Justiça. O evento integra homenagem aos 90 anos de criação da Justiça Eleitoral.

São exibidos diversos objetos museológicos, como títulos eleitorais, linha do tempo das urnas de votação (desde a produzida com lona até a eletrônica), além de medalhas e homenagens a magistrados.

A exposição mostra um modelo do primeiro título eleitoral, de 1881, instituído por decreto no mesmo ano. A Lei Saraiva, como ficou conhecido o decreto, ganhou esse nome em homenagem ao conselheiro Saraiva, ministro do Império, responsável pela reforma eleitoral. Estabeleceu-se, pela primeira vez no país, eleições diretas para todos os cargos eletivos. Entretanto, ainda havia o voto censitário, no qual o cidadão deveria possuir certa renda para virar eleitor.

Destacam-se também na mostra os retratos pintados dos 11 desembargadores que tiveram a oportunidade de presidir tanto o TJSP como o TRE-SP – de Afonso José de Carvalho a Márcio Martins Bonilha.

O visitante poderá conferir, ainda, a relação do jornalista e poeta Paulo Bomfim com as duas instituições. Bomfim morreu em 2019, aos 92 anos, e realizou importantes atividades no Judiciário paulista. É de sua autoria os hinos da Apamagis, da EPM e do TJSP.

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ricardo Mair Anafe, lembrou a fundação do TRE-SP, ocorrida em 25 de maio de 1932, no Palácio da Justiça. “Para o Tribunal de Justiça, é uma honra imensa sediar a exposição, em especial nos 90 anos do Tribunal Regional Eleitoral, que nasceu neste mesmo prédio”, afirmou.

O presidente do TRE-SP, desembargador Paulo Galizia, destacou a contribuição do TJSP para a Justiça Eleitoral paulista e os laços históricos entre as Cortes. “O Tribunal de Justiça de São Paulo, além de ceder seus dedicados juízes para as zonas eleitorais do Estado, sempre procurou dar o maior apoio logístico à Justiça coirmã, não só oferecendo, ao longo de décadas, seus fóruns para sediar os cartórios eleitorais, mas também propiciando facilidades operacionais para a realização das eleições da melhor forma possível”, disse.

A exposição fica aberta até 1/7.

*Com informações do TJSP e do TRE-SP

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes tomou posse nesta terça-feira, 16/8, […]

  • O segundo e último dia do ciclo de debates “Justiça e liberdade de imprensa” na EPM […]

  • A Apamagis marcou presença na 9ª edição dos Jogos Nacionais da Magistratura, realizada entre 11 […]

NOTÍCIAS RELACIONADAS