||Apamagis e APMP promovem atos em defesa das prerrogativas da Magistratura e do Ministério Público

Apamagis e APMP promovem atos em defesa das prerrogativas da Magistratura e do Ministério Público

2016-12-01T16:10:30-02:00 1 de dezembro de 2016|

img_7724Na tarde desta quinta-feira (01/12), magistrados e promotores de justiça se uniram em atos concomitantes em todo o Estado de São Paulo em defesa das prerrogativas da Magistratura e do Ministério Público. O ato foi uma convocação da Apamagis e da Associação do Ministério Público (APMP) frente aos diversos projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional e que ferem as prerrogativas e a independência do Poder Judiciário e do Ministério Público.

Durante as mobilizações, representantes das Comarcas e dos Foros leram um manifesto assinado pela Apamagis e pela APMP que elenca manobras de parlamentares a fim de enfraquecer o Poder Judiciário.

“Parcela importante dos representantes do povo certamente se esqueceram de sua importante missão de legislar em nome do povo e em seu interesse, e se apressaram a instituir instrumentos para ceifar a atividade jurisdicional, ferindo profundamente os poderes instituídos pela Constituição Federal aos membros do Judiciário, do Ministério Público e das polícias”, diz trecho do manifesto._dsc6013

No manifesto, as instituições ainda lembraram que a Câmara Federal aprovou, num dia de comoção nacional pela tragédia do voo que levava a delegação do time de futebol Chapecoense e jornalistas, um projeto anticorrupção desfigurado do conjunto de medidas contra a corrupção assinada por milhões de cidadãos brasileiros. “Nem ao menos foi dado o direito do luto, apenas encenado por alguns atores da vida política nacional, e logo foi desferido um golpe que pode ceifar os sonhos de todo o povo brasileiro que acredita na Justiça como instrumento de coibir a impunidade”, destaca o manifesto.

Para o presidente em exercício da Apamagis, desembargador Oscild de Lima Junior, que participou do ato realizado no Fórum Central Civil João Mendes Junior ao lado da 2ª vice-presidente, juíza Vanessa Ribeiro Mateus, a mobilização de Magistrados e Promotores em todo o Estado de São Paulo mostra que as instituições estão unidas na luta pela independência dos Poderes. “Não podemos nos vergar aos diversos interesses. Demostramos hoje que estamos dispostos a lutar incisivamente para garantir nossas prerrogativas e garantir o Estado democrático de direito no País”.

Clique aqui e veja o manifesto na íntegra

[inpost_gallery thumb_width=”200″ thumb_height=”200″ post_id=”29201″ thumb_margin_left=”0″ thumb_margin_bottom=”0″ thumb_border_radius=”2″ thumb_shadow=”0 1px 4px rgba(0, 0, 0, 0.2)” js_play_delay=”3000″ id=”” random=”0″ group=”0″ border=”” type=”yoxview” show_in_popup=”0″ album_cover=”” album_cover_width=”200″ album_cover_height=”200″ popup_width=”800″ popup_max_height=”600″ popup_title=”Gallery” sc_id=”sc1480619423683″]