|||A chapa União e Inovação teve 1.559 votos, na eleição encerrada neste sábado

A chapa União e Inovação teve 1.559 votos, na eleição encerrada neste sábado

2019-11-26T22:03:48-03:00 23 de novembro de 2019|

Em 66 anos de existência, a Apamagis será presidida por uma mulher, a juíza Vanessa Ribeiro Mateus, eleita neste sábado (23/11), com um número recorde de 1.559 votos.

Para o próximo biênio (2020/2021), ela administrará a entidade ao lado de Miguel Petroni Neto, 1º vice-presidente, e Thiago Elias Massad, 2º vice-presidente, com o apoio dos integrantes do Conselho Consultivo, Orientador e Fiscal, também eleito hoje (veja composição abaixo). A eleição da diretoria teve 71 votos em branco e sete nulos.

Vanessa Mateus, Tiago Massad e Miguel Petroni

O resultado final foi anunciado logo após a apuração, realizada na sede social neste sábado.

Logo após o anúncio, Vanessa Mateus agradeceu a confiança e o apoio recebido dos magistrados paulistas: “Esse número expressivo de votos me traz uma grande alegria por ter recebido essa confiança dos colegas e uma reponsabilidade de fazer valer cada um desses votos”.

Para o presidente Fernando Bartoletti, da Apamagis, essa eleição, com uma votação expressiva, mostrou que a Magistratura está unida em São Paulo.

Vanessa Mateus irá atuar por uma Apamagis cada vez mais forte, inovadora e acessível, tornando o trabalho cotidiano de juízes e desembargadores paulistas mais próximo da população.

Além disso, quer trabalhar para fortalecer o protagonismo político da Apamagis em defesa da magistratura, atuando em parceria com a Associação dos Magistrados Brasileiros, que será comandada também, pela primeira vez, por uma mulher, a juíza Renata Gil, atual presidente da Associação dos Magistrados do Rio de Janeiro.

Miguel Petroni Neto, Fernando Bartoletti, Vanessa Mateus, Jayme de Oliveira e Thiago Massad

Perfil

Vanessa Mateus, atual 1ª vice-presidente da Apamagis, é juíza de Direito no Estado de São Paulo desde 2000 e ingressou na carreira pelo concurso 173. É titular da 8ª Vara Cível do Fórum João Mendes e responsável pela instalação do 1º Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

Fernando Bartoletti, Vanessa e Jayme de Oliveira

Tomou posse como juíza substituta da Circunscrição da Casa Branca, onde permaneceu até 2004, sendo removida como substituta para a Comarca de Santos. Promovida em dezembro de 2004 para Eldorado Paulista, em 2005 assumiu a 2ª Vara de Cruzeiro.

Em novembro de 2005, chegou à 3ª entrância, como auxiliar da Capital, onde ficou até maio de 2011, quando foi promovida para a entrância final.

Primeira mulher eleita vice-presidente na história da Apamagis, à qual é associada desde 2000, já ocupou o cargo de tesoureira no biênio 2014/2015. Candidatou-se à presidência da Apamagis para o biênio 2020/2021, em chapa única, e será a primeira mulher a ocupar a presidência da Associação.

Integrantes da chapa vencedora

Número de votos de cada integrante do Conselho Consultivo, Orientador e Fiscal

Antonio Raphael Salvador, desembargador aposentado: 1.261

Maria Domitila Prado Manssur, juíza de São Paulo: 1.175

Renzo Leonardi, desembargador aposentado: 1.165

Luís Fernando Nishi, desembargador: 1.161

Roque Antonio Mesquita de Oliveira, desembargador: 1.160

Cláudio Antonio Soares Levada, desembargador: 1.154

Maria de Fátima Santos Gomes, juíza de São Paulo: 1.103

Érika Silveira de Moraes Brandão, juíza de Socorro: 1.079

Pedro Cauby Pires de Araújo, desembargador aposentado: 1.038

Jayme Walmer de Freitas, juiz de Sorocaba: 1.033

José Rodrigues Arimatea, atual presidente do Conselho e juiz de Franca: 1.000

Guiomar Milan Sartori Oricchio, pensionista: 992