Apamagis e Fiesp estreitam laços e defendem democracia durante encontro institucional

26 de julho de 2022

O estreitamento de laços entre instituições, o fortalecimento do diálogo e a defesa da democracia estiveram em pauta durante visita institucional realizada à sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), nesta quarta-feira (20/7), em São Paulo. A presidente da Apamagis, Vanessa Mateus; o vice-presidente, Thiago Massad; e a conselheira Guiomar Milan Sartori Oricchio, responsável pelo agendamento do encontro, foram recebidos pelo presidente Josué Gomes da Silva e pelo advogado Rui Celso Reali Fragoso, membro do Conselho Jurídico da entidade.

A menos de três meses das eleições gerais de 2022 e em meio a um momento propício à união das instituições em prol de pleitos pacíficos, a presidente da Apamagis destacou a importância da visita.

 

O estreitamento de laços entre instituições, o fortalecimento do diálogo e a defesa da democracia estiveram em pauta durante visita institucional realizada à sede da Fiesp | Foto: Everton Amaro/Fiesp

“É um momento em que as intuições são chamadas como nunca para defender a democracia e a institucionalidade no País. Por isso, precisamos que elas caminhem unidas. Acredito que mostramos muito para a população quando fazemos gestos nesse sentido. E a Fiesp é uma das instituições mais respeitadas do País, não tenho a menor dúvida”, declarou a presidente Vanessa Mateus.

Gomes da Silva se mostrou receptivo ao diálogo e dedicou especial atenção à defesa do Poder Judiciário. “Temos tido todo o tipo de discussão, inclusive, temas que não são o que de fato importa à sociedade brasileira estão sendo discutidos. Estamos perdendo tempo. Mas há entidades que estão e permanecerão em defesa da Democracia, do Estado Democrático de Direito, das instituições e do Poder Judiciário. Podem contar com a Fiesp nessa direção”, afirmou.

Na ocasião, foram abordadas formas de tornar o Judiciário mais célere. Segundo Massad, esse resultado só poderá ser atingido a partir de uma maior efetividade do primeiro e do segundo graus. Também foram, ainda que brevemente, analisados projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional com essa finalidade. Nesse sentido, o advogado Rui Fragoso se comprometeu a levar as questões para discussão e elaboração de pareceres do Conselho Jurídico da Fiesp, o qual é presidido pelo jurista Cesar Asfor Rocha, ministro do Superior Tribunal de Justiça entre os anos de 1992 e 2012, onde também foi presidente de 2008 a 2010.

A Fiesp é a maior entidade de classe da indústria brasileira, representando cerca de 130 mil indústrias de diversos setores, de todos os portes e das mais diferentes cadeias produtivas, distribuídas em 131 sindicatos patronais. Conta com 14 Conselhos Superiores, órgãos técnicos estratégicos, coordenados pelo Instituto Roberto Simonsen (IRS), que tem por objetivo debater, realizar estudos e propor políticas para promover a contínua interação das entidades e contribuindo para o diálogo permanente com os demais segmentos da classe empresarial e da sociedade em geral.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes tomou posse nesta terça-feira, 16/8, […]

  • O segundo e último dia do ciclo de debates “Justiça e liberdade de imprensa” na EPM […]

  • A Apamagis marcou presença na 9ª edição dos Jogos Nacionais da Magistratura, realizada entre 11 […]

NOTÍCIAS RELACIONADAS